O que trago em meu sorriso

O que trago em meu sorriso

Não é sinônimo de vida tranquila, mas é a convicção de que mereço sempre mais.

Não saio de casa sem um belo sorriso, mesmo que haja dor, ou que o tempo dentro de mim esteja nublado. Vou lá, reviro o armário e visto o sorriso assim mesmo, porque ele ilumina o caminho e me faz acreditar que a tempestade vai passar.

Mesmo que às vezes eu me entregue às lágrimas, elas não me impedem de sorrir. Ao contrário, fazem o meu sorriso valer mais. Essa luz que vem de dentro, que apesar das noites em que o sono não vem, ou dos dias sem sol, o sorriso me prepara para o desafio. 

Não é que tudo tenha sido fácil, mas é a prova que superei os obstáculos.

Tem momentos em que sorrio sozinha, me lembrando de algo bom, de um perfume gostoso, de uma viagem incrível. Sorrio pensando naqueles que já passaram pela minha estrada, mas que em algum momento viramos esquinas diferentes. Dou a um estranho na rua um sorriso, quando percebo que isso não me custa nada e pode mudar o dia de alguém.

Pra que guardar sorriso? Não dá pra estocar, nem juntar pra trocar por algum prêmio, mas um sorriso seu pode ser a coisa mais gostosa pra outra pessoa. Já pensou nisso? Quem alguém pode simplesmente se apaixonar pelo seu jeito de sorrir?

O que eu trago em meu sorriso?

Trago a mulher que conheci, que amo e respeito. Carrego os ensinamentos dos meus pais, a minha religião, e as vitórias que alcancei. Trago meus filhos e seus sonhos, meus tropeços e desencontros. Mas principalmente, a energia do amor que nunca se acaba.

O que trago em meu sorriso

O que trago em meu sorriso

Compartilhar:
Facebookmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *